VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quinta-feira, 18 de maio de 2017

CAMOCIM-CE: POLÍCIA MILITAR PRENDE EM FLAGRANTE INDIVÍDUO ACUSADO DE CÁRCERE PRIVADO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Acusado
Um homem identificado como Antonio José de Carvalho, 37 anos, natural da cidade de Almeida-MA, foi preso durante a tarde de quarta-feira, 17, aqui em Camocim, sob a acusação de crime de cárcere privado e lesão corporal combinado com Lei Maria da Penha.

Os policiais da Força Tática realizavam rondas pela cidade quando por volta das 17h00 foram enviados para uma ocorrência de violência doméstica no bairro Rodagem do Lago. A denúncia informava que uma mulher estava sendo agredida fisicamente por um homem que reside com ela. Os militares se deslocaram para o endereço e ao chegarem no local foi constatada a veracidade do fato, onde a vítima foi identificada como Maria das Graças Alves de Sousa, natural do Estado do Maranhão.
Os vizinhos relataram ao policiamento que o acusado agredia a vítima todos os dias, pois a escutavam chorar de dor. Já na manhã de quarta-feira, 17, a vítima teria tentado fugir e o acusado teria pego a mesma pelos cabelos, obrigando-a a retornar para dentro de casa, ficando claro o tratamento desumano e a falta de liberdade. Também foi observado que a vítima vivia em condições precárias de sobrevivência e apesar da vítima demonstrar um pouco de distúrbio mental, ela foi categórica ao confirmar que vivia sendo agredida pelo companheiro, uma prova era seu olho lesionado.
Os policiais militares conversaram com o agressor que em princípio relatou se tratar de uma tia sua que estava ajudando a mantê-la, porém, diante dos indícios de crime, o mesmo mudou a conversa, informando que conhecia a vítima há muito tempo, e cerca de uma semana a teria encontrado caminhando sozinha na estrada, como andarilha e teria lhe convidado para morar com ele.
Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao acusado e conduzido à DPC em Sobral, onde foi apresentado à autoridade de Polícia Civil que resolveu enquadrá-lo nos crimes  de cárcere privado e lesão corporal combinado com Lei Maria da Penha.
O acusado foi conduzido para a cadeia pública de Camocim onde segue à disposição da justiça local.

Efetuaram a prisão: Sgt Djany, Sds Ribeiro e Rafael

Camocim Polícia 24h
Colaboradora: Sgt Marcilene

12 comentários:

Anônimo disse...

Graças a Deus
Como está tá senhora onde ela está

Sociedade Anonymous disse...

A senhora passou o dia ao lado dos mototaxistas do hospital
Ela relatou que esse monstro no dia das mães deu um tapa na cara da mesma é que a obrigava a fazer coisas que ela não queria.
Ela também relatou que desde seus 11 anos que é moradora de rua.
Mais que sente muita vontade de voltar para o Maranhão e reencontrar sua filha.
E que suas roupas se encontram na casa em que ela era mantida em cárcere.

Sociedade Anonymous disse...

A senhora está na rua desamparada, querendo voltar para sua cidade natal e poder rever sua filha, ela passou o dia perto dos mototaxistas perto do hospital.

Anônimo disse...

Mais na casa não ter nenhuma roupa
Ela tava sem nada
Meu Deus pq deixari ela nas ruas​

Anônimo disse...

Onde encontrar essa senhora?

Anônimo disse...

Olá, gostaria muito de entrar em contato com alguém desse blog, pois esse homem que foi preso, faz o mesmo com minha vó, minha vó de mais de 70 anos vive junto com ele já tem mais de cinco anos, ele agride ela, já vendeu o carro dela, vendeu também todos os móveis da casa e já deixou uma vez ela trancada por três dias no quarto, minha vó vive na mesma situação, ele não tá só com essa mulher que vocês descreveram na matéria, mas também com minha vó.

Camocim Polícia24h disse...

Se dirija até a DPC e faça a denúncia que ele também será preso.

karynne alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camocim Polícia24h disse...

Não, vocês têm que ir na Delegacia em Parnaíba e relatar o ocorrido, dizer inclusive que o acusado se encontra preso em Camocim.

Anônimo disse...

Esta certo muito obrigada

Sociedade Anonymous disse...

Ela no momento se encontra perambulando pelo centro da cidade, ela é bastante interativa, simpática porém senti vontade de voltar e reencontrar a filha, creio eu que o município poderia ajudá-la, a voltar para sua cidade natal.

Anônimo disse...

Eli já está soltou fala aqui que é inocente tá vendo só